CalendárioPortalInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 -Quarto 140

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
General Youkai
Administrador do Fórum
Administrador do Fórum
avatar

Mensagens : 483

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Criador e Administrador do Fórum
Nível: 100
Experiência:
1000/1000  (1000/1000)

MensagemAssunto: -Quarto 140   Sab 6 Jul - 21:11

-Este quarto está registrado no nome de Matsubara Mugen.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://youkaigakuen.forumeiros.com
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 14 Ago - 15:26

*Matsubara Mugen era o nome dele. "É um nome legal", pensava ele que acaba de entrar em seu quarto. Naquele primeiro dia, tudo fora muito confuso e ao mesmo tempo tudo aconteceu muito rápido demais. Não sabia que traria lembranças tão marcantes para um dia só apenas. E foram lembranças que fizeram as suas presentes lembranças. Quem ele era, o que ele era, onde ele estava, tudo isso ele já sabia. O que aconteceu agora de noite só deixou a cabeça do garoto ainda mais embolada, cheia e repleta de coisas que bagunçam a mente de qualquer um. Milhares de coisas aconteceram nesse primeiro dia de Mugen naquele lugar que ele não sabe nem como chegou, nem porque chegou, nem nada. Fechando a porta de seu quarto, solta um grande suspiro, longo. Tudo que aconteceu naquele dia foi "digerido" com sucesso por Mugen quando soltou esse suspiro. Um suspiro de alívio. Não tinha mala. Não tinha roupas. Ele era ainda Hoi-tan, um mendigo. Usava ainda o uniforme que conseguiu com Tanabe. Por falar nele... Tanabe foi a primeira pessoa que teve contato físico com Mugen. Na verdade segunda, mas deixa pra lá, finjamos que foi a primeira mesmo. O dia inteiro, ficou no pé do professor de Economia Doméstica. Conheceu-o, achou ele bacana, muito legal. Mas como qualquer pessoa sem memórias, jogou tudo em cima do professor que não tinha nada com nada. Sente-se meio triste e um pouco culpado... Aquela hora nos corredores que ele perguntou o que havia acontecido com ele - que até agora ele não sabe mesmo -, Tanabe não respondeu e foi embora de uma maneira que parecia estar encucado com alguma coisa. Mugen não queria o mal a ninguém, não queria encher o saco de ninguém, mas, infelizmente, para conseguir as respostas que queria - sobre seu passado, sua raça e muitas coisas mais que intrigavam-no - ele precisava sim de alguém. Da ajuda de alguém. Só que ninguém é de ferro né, aí quando foi ver alguma coisa aconteceu com ele que atraiu uma multidão de gente nos corredores dos dormitórios, acabou chamando a atenção de tanta gente, e nunca teve isso em mente. Mas quanto a obter as respostas que queria, estava determinado a fazer o máximo que pudesse sozinho. Com não muito sono, Mugen foi até o banheiro, foi até a cozinha, sentou-se em sua cama, deu uma examinada geral no quarto. Era um ótimo quarto aquele 140 da Ala Norte. Banho felizmente ele já havia tomado. No dia seguinte, ele precisava comprar coisas essenciais para a sobrevivência própria, já que não tinha realmente nada. Tudo que ele tinha agora além do uniforme era a planilha de quartos que levou consigo para o quarto. Olhou-a. Pensou... E verificou qual era o número do quarto de Tanabe. Deitou-se em sua cama, desarrumada para dormir e arrumada para, por exemplo, receber uma visita, e virou-se de lado. Caso o sono chegasse, ele iria dormir. Mas sua mente estava tão confusa e pensando em tantas coisas ao mesmo tempo que talvez deitar fosse o suficiente. Descansar a cabeça... mas simplesmente não dava para parar de pensar em tudo, absolutamente tudo que tinha acontecido naquele dia. Quieto, Mugen reflete, acreditando que em alguma indeterminada hora da noite ele conseguirá dormir...*

[Amanhã é outro dia... Espero que tudo isso tenha sido um sonho... Vou fechar meus olhos e dormir para amanhã acordar na minha casa com a minha família...]

*E assim o fez, mesmo não sabendo quem era sua família. Doce ilusão, pobre Mugen.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Ter 10 Set - 12:02

*Fora uma LONGA madrugada. Ainda mais para ele que nem conseguiu dormir, só fechou os olhos e deu algumas minúsculas cochiladas... Mugen, ao ouvir o canto de alguns pássaros, levanta-se da sua cama, meio triste. Ele, de uniforme ainda, abre a janela, deixando a luz do sol do dia entrar em seu quarto, fazendo-o comprimir seus olhos por um momento. Olhou pela janela afora, a floresta estava bonita. As folhas das árvores se destacavam numa mistura bela de sol e sombra... Mas o que isso ia ajudar naquela situação de Mugen? Nada. Ele já sabia seu nome. Agora ele tinha que descobrir o seu passado e descobrir sobre o que houve na noite passada... O que era aquele "doppelganger" que Tanabe falou que ele era. Ele nem sabia que estava cercado de youkais, pra ele aquilo era uma simples escola comum... Em meio a tanta coisa para descobrir, Mugen ainda tem sua cabeça muito confusa e doendo um pouco. Lava o rosto e a boca e lembra-se de uma coisa.*

Ah, eu tenho isso ainda! Será o pontapé para começar o dia de hoje...

*Pegou o mapa que Tanabe deu. Fechou a janela do quarto e saiu do mesmo, trancando-o por fora.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Seg 27 Jan - 14:29

*No momento, ele estava dormindo. Leu mais um pedaço de um dos livros antes, mas não conseguiu por muito tempo... Ele estava com sono.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qui 20 Mar - 14:46

*BAM! Escutou-se a porta bater por dentro. Mugen entrou em seu quarto, finalmente. Entrou no seu lugar! Um lugar que, para ele, não fazia sentido em existir como todos os outros lugares, mas de tanto conforto que sentia ao entrar, passava a fazer mais sentido. Deixou em cima de sua escrivaninha os seus dois livros e os dois papéis do Clube Pirata. Ele não tinha pijama, outra roupa, nem nada, então tirou seu uniforme e o pendurou em cabides que vinham dentro do guarda-roupa.*

-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHH!! Que alívio!

*Ao abrir o guarda-roupa, sua expressão é de surpresa. Havia um sobretudo azul jogado no chão do mesmo. Mugen pega e tateia todas as partes do sobretudo, sem entender o que era aquilo.*

-O que será isso? Essa roupa... Eu acordei com ela na rua naquele dia, como um... mendigo. Hoi-tan! Era disso que me chamavam... "O mendigo..."

*De relance, olhou para a sua escrivaninha. Um dos livros se chamava "O Mendigo". Mugen riu.*

-Hahahahah, que irônico... Nada nessa minha nova vida é por acaso, né?

*Perguntou ele pra si mesmo, dando de ombros e pendurando o sobretudo também. De cueca, tranca a porta do seu quarto e deita-se em sua cama, pegando para ler o livro "Doppelgänger" antes de dormir. Lia, concentrado.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qui 27 Mar - 9:16

*Mugen nunca antes esteve tão interessado em um livro. Ele não sabia se gostava de livros ou não no passado porque não sabe o que aconteceu no seu passado - provavelmente algo muito grave para ele acordar numa academia imensa deitado na rua. Mas sim, ele sempre gostou de livros, eu afirmo isso. Lendo o livro "O Mendigo", Mugen lê a história de Paul Wonders, um mendigo que vivia em Nova York. A história de Paul era exatamente igual a de Mugen. As primeiras palavras do livro foram:

"Again, I'll restart my life. -Wonders, Paul."

Já estava na vigésima página, mais ou menos. Lia lentamente para que pudesse perceber cada detalhe da história do mendigo. (livro em itálico k)

Paul, assim como Mugen, um dia acordou, recostado num poste numa avenida muito movimentada de Nova York. Foi acordado de seu profundo sono devido ao incrédulo barulho de uma cidade grande, de pessoas falando ao celular, carros e caminhões e motos passando, uma barulheira danada. Paul, sem entender absolutamente nada e sem nem entender quem ele mesmo era, simplesmente saiu andando vestindo nada mais que farrapos cinzas, uma espécie de cobertor velho e sujo, uma calça preta completamente suja. Ele mesmo, o próprio Paul, estava imundo, dentes encardidos, voz baixa, corpo muito fraco. Ele ia caminhando pela calçada da megalópole, mas ia sendo chutado e ignorado por muitos americanos ocupados com a desastrante rotina de um comum trabalhador de New York. Ele tentava resistir... Mas tudo aquilo era um grande pesadelo para Paul. Andou no máximo uns 100 metros e depois sua vista foi ficando escura até desmaiar devido à fraqueza. Paul era adulto, tinha 29 anos já. No dia seguinte, acordou em uma confortável poltrona, numa sala de estar muito bonitinha, em frente a uma lareira. Agasalhado, limpo e com roupas quentinhas e novas, abriu os olhos de vez, tomando um susto.*


-Coma, coma! São pãezinhos quentinhos, vai lhe fazer bem! Você está com fome!

*Era a voz de um idoso. Um senhor que aparentava ter seus 60 anos, de cabelo grisalho e umas ruguinhas e covinhas no rosto, entregando para Paul um pratinho com pãezinhos deliciosos da melhor padaria da cidade. O senhor sorria de orelha a orelha. Paul não tinha como aceitar. Como um animal selvagem perdido do bando, ele tinha medo das pessoas... Mas ele não tinha opção se não aceitar aqueles pães que simbolizavam o início de sua segunda vida.*

-O... brigado....


*Mugen fecha o livro para dormir. Tenta, tenta e tenta e não consegue. Fica pensando na história mas é mais forte que ele. O sono e o cansaço não eram maior que a curiosidade e o prazer de conhecer uma história igual a dele, com suas peculiaridades cada uma. Voltou ao livro.*

-Estava gostoso... Quem é você? *Pergunta ele, incrédulo.*


-Ahaha, meu nome é Jack! Jack Richfield! Como devo chamar o senhor? ^^

-Eu não sei... O meu nome. Ontem, eu acordei na rua... Com muita fome, frio, todo sujo... As pessoas me chutaram e me ignoraram... Eu desmaiei de novo e... Estou aqui. Só tenho a agradecer ao senhor, Jack-san.

*Diferente de Mugen, Paul era um adulto já maduro. Sabia equilibrar sua curiosidade com a sua educação, felizmente. Jack olhou fixamente para Paul, como se estivesse procurando alguma coisa.*


-Acho que eu te conheço de algum lugar, mocinho! *Diz ele, pensativo, sentando em sua cadeira de balanço para idosos. A casa era muito confortável de fato para ambos, parecia não morar mais ninguém lá.*

-Me conhece? Qual é o meu nome?! Eu quero saber o meu nome! Quero saber quem eu era, o que aconteceu comigo!! *Começava a tomar uma postura mais agressiva, já chegando a ficar de pé, falar mais alto e começar a andar na direção do idoso.*

-Calma, calma! Por favor, sente-se! Eu não me lembro bem... Já sou velho, tenho uma memória ruim... *Olhando para baixo. Felizmente, ele era rico.* -Você vai morar comigo, está bem? Você era um mendigo quando te encontrei na rua, você não tinha nada. Eu vou te sustentar pra você conseguir um trabalho! ^^

-Eu... preciso... viver? *Sua mente estava muito confusa e o conflito de opiniões entre si mesmo era árduo. Ele não aguentava mais.* - Eu vivi! Eu já vivi! Era pra eu estar morto! A VIDA QUE EU ESTOU VIVENDO AGORA É A MINHA VIDA APÓS A MORTE!! *Gritou, num tom muito alto de voz. O senhor ficou muito assustado, pedindo calma, e ao mesmo tempo pedindo a Paul para contar-lhe mais sobre.*

-Eu... Bati muito forte a cabeça... Num acidente... Fiquei por anos em coma... Perdi totalmente a memória... Mas agora eu me lembro. O senhor me lembrou de tudo, senhor! Porque eu morava com o meu avô... Agora estou lembrando... Eu me chamo Paul Wonder.


*Agora, de vez, foi dormir. Ainda muito pensativo na história que ao mesmo tempo era tão igual e tão... diferente da sua. Demorou algumas horas até, finalmente, cair no sono.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 2 Abr - 9:45

*Acordou. Mal saiu daquela posição que dormia, mal de espreguiçou, mal fez nada e já pegou o livro para ler de novo. Descansado, Mugen podia ler com mais concentração e assimilar a história do personagem a sua.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Dom 6 Abr - 17:34

-EU NÃO CONSIGO!!!!! 

*"BLAM!" Foi o barulho que se escutou após o grito que Mugen soltou. Bateu forte com a parte debaixo de suas duas mãos fechadas em sua escrivaninha. O motivo dessa violência toda com a pobre mesa foi o seguinte: depois de ficar um bom tempo da manhã lendo aquele bendito - e ao mesmo tempo maldito - livro, Mugen decidiu acordar de vez. Primeiramente, jogou o livro em cima do seu outro livro grosso que nem chegou a ler ainda, aquele que falava sobre Doppëlgangers (botei trema!) e tudo mais. Importante, né? É, pois é, então, ele nem abriu o livro. Depois disso, olhou para seu corpo... Lhe veio uma momentânea tristeza... Estava de cueca simplesmente porque não tinha roupas, não tinha outra roupa a não ser aquele casaco azul sujo e o uniforme que Tanabe deu no primeiro dia... Grande Tanabe-sensei, Mugen era muito grato a ele por isso. Só que só o fato de olhar pro seu próprio corpo o fazia lembrar que ele não sabia porque estava ali, não sabia seu passado, não sabia nada de sua vida... Convenhamos né, acordar do nada em uma manhã qualquer numa escola de DEMONHOS caído na rua não acontece todo dia e nem com qualquer pessoa. Muita coisa ainda tinha de ser descoberta... Inclusive seu corpo, porque estava usando seu cobertor (vulgo próprio lençol da cama) para se cobrir enquanto dormia. Mugen levantou-se, arrumando sua cama, dobrando tudo direitinho. Abriu a janela de cueca mesmo, não se importava. Felizmente aquela cena de "os raios de sol ofuscaram sua visão um pouco, causando aquela fotofobia disgramenta" não ocorreu, porque o dia estava muito nebuloso e mal dava para ver o sol. Ok, menos pior assim. Menos sol, menos claridade, menos chance de outros verem sua cueca (?). Bocejou. Bocejou alto, mas tão alto que até ele mesmo ficou assustado com isso, se olhou no espelho depois e piscou os olhos uma duas vezes, arregalados, como quem diria "wtf q q iso" e depois andou em direção ao banheiro. Por acabar de acordar e ter se mexido durante a noite, seu cabelo estava bem bagunçado. Ele decide então penteá-lo. Aliás, melhor, ele foi logo é tomar um banho. Tomou o banho bem tomado igual naquele dia, ficou xelosim e limpin. Andou até a copa do quarto... Na geladeira só tinha água... Mas ele estava com fome, então tomou um copo de água mesmo né, é o que tem pra hoje. Mugen agora já não sabia mais o que fazer. Olhou para aquelas duas folhas de papel a4 em branco e lembrou do dia anterior, lembrou de Mizuyo falando para desenharem alguma coisa pro clube pirata. "Mizuyo-san pediu, eu vou fazer!!", logo pensou. Mas aí sentou na cadeira e ficou lá, pensando e pensando e pensando... Até chegar a conclusão de não conseguir pensar em absolutamente nada para desenhar naqueles papéis. O clube poderia vê-lo como um completo inútil, mas eles teriam de entender e Mugen contaria se necessário que ele realmente não estava em condições de pensar em nada "fora do planejado". Agora era assim: Mugen está e estará sempre pensando em sua história, no porque de tudo aquilo, como começou... e quando pensa em qualquer outra coisa está pensando em duas coisas ao mesmo tempo e por isso sua cabeça dói. Por fim, socou sua mesa. Sua cabeça só começou a doer mais... Levantou-se rapidamente dali e fechou a janela do quarto. Procura alguma coisa pra botar em seus bolsos mas não havia nada... Mugen não tinha nada. Abriu seu guarda-roupas e pegou aquele casaco azul sujo. Escovou os dentes com a escova de dentes que eles proviam (porque aí já é demais né -q) e saiu do quarto, meio puto, segurando aquele agasalho com força, como se estivesse descontando sua fúria nele. Depois, trancou seu quarto por fora e que porra de ação?*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Seg 7 Abr - 22:12

*Mugen adentrou seu quarto e jogou aquelas roupas em cima da cama. Logo, ele saiu. Precisava comprar algumas coisas... O problema era só o dinheiro.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizunashi Yukiho
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 98

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Witch
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 10:16

* Vuash ~som do teletransporte~. Ao ouvir dizer da bagunça, Yukiho passava a reparar o quarto do garoto detalhadamente. É... Ele realmente não tem nada, só umas roupinhas. Por um instante quase chegou a ficar triste, mas aí lembrou que agora ele teria uma ótima vida com as coisas que comprou a ele. Até melhor do que alguns estudantes da academia. Colocou algumas das sacolas no chão e apontou para que o rapaz colocasse a TV numa mesa que tem lá. Agradeceu algumas vezes os homens que ajudaram ambos, com um sorriso largo e sincero no seu rosto. Após pegar a chave, fechou a porta e colocou-a num... lugarzinho de por chaves [???????]. Virou-se para o garoto e aproximou-se das váááárias sacolas no chão, pegando algumas camisas de algumas delas. *


- Se não se importa...

* Assim se aproximou do guarda roupas e abriu uma das gavetas, guardando-as ali. Fez isso com todas as camisas e já estava quase começando a arrumar as blusas de frio do mesmo nos cabides. *

- No final das contas não nos apresentamos. Qual o seu nome?

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 10:26

*Abriu a janela do quarto, deixando a luz do sol entrar, na intenção de deixar a moça mais a vontade. E nossa, quando vê ela guardando as camisas fica até meio sem jeito!*

[Nossa, ela tá até guardando pra mim, que moça bondosa!]

*Mugen começa a andar de um lado pro outro, meio sem jeito ainda. Ele não tinha coisas suficientes no quarto para receber alguém... Mas agora estava recebendo as coisas, e aí sim poderia receber muita gente. Sorri, 566% mais feliz que uma tartaruga num deserto.*

-Matsubara Mugen. Yoroshiku! =D

*Ele ficava feliz cada vez que dizia o próprio nome, pois numa fase inicial de "vida" naquela academia ele não sabia nem o próprio nome.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizunashi Yukiho
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 98

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Witch
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 10:32

* Ao ouvi-lo dizer o nome parou de guardar a roupa do mesmo. Segurando algumas blusas, virou-se para ele e abriu um sorriso tão convidativo e vivo que parecia até radiar uma luz deste. O sorriso dele está realmente bonito também, ele parece tão feliz que mal pode se aguentar por dentro, e isso deixa a Witch mais feliz ainda. *

- Mizunashi Yukiho. Hajimemashite. 

* E assim abria as portas do guarda roupa e começava a arrumar as blusas de frio uma por uma, até a ultima, e já tratara de pegar os casacos mais grossos e guarda-los um por um, também. Afinal de contas... por que uma tartaruga ficaria feliz num deserto? *

- Por que você não liga a TV? 

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 10:38

-Bonito seu nome... Aah! Vou ligar, vou ligar!

*Meio espevitado e desastrado, bota a TV em seu lugar e liga na tomada que tinha ali atrás do móvel. Com a TV, o controle veio junto. Apertou o botão de ligar e............................................................................................................................................................. LIGOU A TV!!!!!!!1 MDS!!!!!!!11 OTRO IOUCAI*

-NOSSA! LIGOU! TEM UMA MOÇA FAZENDO COMIDA AQUI!! 

*Espantado com a tecnologia de um televisão de ligar. A moça que ele estava falando era nada mais que um canal japonês de receitas, era uma moça fazendo uma receita. Agora ele tinha que ligar o videogame só... Coitado. Pra ele, tecnologia não existia e o garoto a estava conhecendo agora.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizunashi Yukiho
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 98

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Witch
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 10:54

* Ele falava com tanta vivacidade, tanta alegria, que chegava a ser divertido. Para alguém "normal" como Yukiho aquilo é a coisa mais normal do mundo. Ao ouvi-lo falar da "moça cozinhando", Yukiho riu. E riu muito, chegando a colocar a mão em sua barriga de dor. Claro, sem perder sua compostura. Arrumou as roupas que estava a segurar, e logo em seguida aproximou-se do menino, pegando o controle do mesmo suavemente. Começava a mudar de canal várias e várias vezes, mostrando a ele canais de desenhos, novelas, jornais, musicais, informativos, de animais entre outros. *

- Essa é a principal função da TV: entretenimento. Tem vários canais que você pode assistir para passar o tempo caso queira. Tem uns bem divertidos, até. 

* E assim aproximou o controle do rosto dele, mostrando os botões que mudam de canal e o volume. Numa das demonstrações das mudanças de canal, acabou chegando num que é "impróprio para menor". Aquilo desesperou a Witch que arregalou seus olhos e mudou de canal rapidamente. Tão rapidamente que acabou por derrubar o controle no chão. Fechava os olhos e ficava rindo baixinho pelo ocorrido, com suas bochechas levemente coradas e um tanto sem graça. O rapaz com certeza viu isso. Se ele não conhece uma TV, qual seria a reação ao saber como... as pessoas procriam? [????????????]. Abaixou e pegou o controle no chão, e logo em seguida entregou a ele, voltando a arrumar as roupas do rapaz sem parar de rir um segundo sequer. *

- Depois eu te ajudo com o vídeo game. hahahahah

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 13:24

*Riu junto dela, um pouco sem graça. Era completamente desentendido do assunto tecnologia, fosse a menor possível. Ela então pegou o controle e foi mudando de canal, ensinando-o a mexer na televisão. Mudando de canal, ela passou por um impróprio para menores, o que fez ele tomar um sustinho - porque foi muito rápido - e soltar apenas uma onomatopeia de susto mesmo, junto com o fato de suas bochechas terem ficado coradinhas.*

-Aaaaah! O que foi~~ Ah, ok! 

*É o que diz, deixando para lá aquele fato inesperado. Queria mesmo aprender a mexer no videogame, havia gostado muito daquele objeto tecnológico que te permitia controlar os bonecos dentro da TV.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizunashi Yukiho
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 98

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Witch
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 17:46

* E fora bem mais fácil do que imaginava! Ele não perguntara nada, quase, mas voltava atrás. E isso fora um alívio! Ficou rindo por mais algum tempo até que a graça passava, e suas bochechas voltavam ao normal, mas percebera que até o garoto tinha ficado sem graça e corado, o que a fez voltar a rir. Ria enquanto arrumava as roupas, ria enquanto ia pegar mais roupas para arrumar, e ri quando finaliza a arrumação. *

- Hum... Imagino que quer jogar seu vídeo game. Vai arrumando os seus materiais aonde você quer que eu ligo ele, tá? 

* E assim pegou a caixa do PS4 e quase começou a abri-la, mas parou antes de fazer algo. Se aproximou do menino e estendeu os braços para entregar a caixa a ele, agora só a sorrir. *

- Abra sua caixa. É muito gostoso abrir as caixas dos nossos presentes, apesar de ser só uma caixa.

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 20:25

-Sim, gostaria. Wakatta!

*"Entendido!", disse ele. Foi começando a organizar seus cadernos quando Yukiho disse para ele abrir a caixa do videogame. Não entendia porque ela estava rindo tanto assim, mas ele também começa a rir durante um tempo, só pra "não perder o bonde". Ele nunca tinha tido a sensação de abrir um caixa antes, pois nunca teve uma caixa antes para abrir (durr). Então foi até onde ela estava e começou a abri-la, bem sem jeito, danificando o máximo que podia o objeto. Já que era só uma caixa, né... Tirando o ps4 (UM PS4 GENT) da caixa, Mugen parou de rir, abrindo um sorriso novo.*

-Nossa, é realmente bom! Dá uma sensação de estar ganhando um prêmio!

*Era quaaaaaase isso. Digamos que teve o prêmio antes de receber. Tirar notas boas teoricamente viria antes de ter que ganhar um videogame, por exemplo.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizunashi Yukiho
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 98

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Witch
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 20:51

* Ao vê-lo abrir a caixa com tanto prazer e felicidade, voltou a rir. Ele realmente é a pessoa mais humilde que conheceu no mundo todo. Ele merece a felicidade. Após isso, apontou para que ele voltasse a arrumar seus novos materiais. Logo pegou o PS4, ligou o cabo da TV e o da tomada, e voilá! O vídeo game estava ligado. Após isso se sentou na cama dele, sem pedir licença mesmo já que pediu antes para arrumar as coisas. Desnecessário pedir de novo, não? *


- Me conte mais sobre você, Mugen. 

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qua 9 Abr - 22:06

NÃO, TEM QUE PEDIR!*Sentou-se ao lado dela em sua cama. Iria começar a jogar algum jogo, quando veio a pergunta dela. A única pergunta que ele não saberia responder... Aliás, a única pergunta realmente dela. Quem sempre perguntava tudo era Mugen... Dessa vez, o jogo virou. A tartaruga achou um oásis (?). Ele pensou durante um bom tempo para responder... Não sabia como responder aquilo e dependendo da resposta teria de contar sua história toda. Ou sua ausência de história, né.*

-Eu sei muito pouco sobre mim... Muito pouco mesmo. Tudo o que eu sei é o que você viu desde o momento em que te chamei nas ruas.

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizunashi Yukiho
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 98

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Witch
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qui 10 Abr - 12:58

- H-hã? Não sabe sua história? E como veio parar aqui na academia? 

* De fato aquilo a intrigou muito. Cruzou as pernas e levou ambas as mãos até o joelho mais alto, ficando ali pensativa sobre isso. Ele não sabe sobre o seu passado? Não que nunca tivesse visto isso, mas... uma criança? Isso é realmente muito triste. *

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qui 10 Abr - 13:18

*Suspira, sem saber muito como dizer aquilo... Apenas disse.*

-Eu não sei. Numa manhã qualquer acordei naquela rua em que te encontrei, encostada em seu carro. O porque de ter simplesmente acordado aqui, sujo, com fome, fraco, magro... É isso que eu venho tentando descobrir, desde que eu surgi aqui.

*Resumidamente era isso mesmo.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizunashi Yukiho
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 98

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Witch
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qui 10 Abr - 14:56

- A quanto tempo atrás foi isso? E como você veio justamente para essa academia? Você sabe que aqui é uma academia para pessoas... digamos... "especiais", não é?

* Indagou, curiosa. Isso é muito triste. É como se ele não estivesse vivido, estivesse morto antes disso. *

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qui 10 Abr - 16:29

-Desde o segundo dia da Primavera... Já estou aqui há quatro dias. Como eu vim para cá? É uma das perguntas que não sai da minha cabeça e eu gostaria muito de ter a resposta.

*Mugen suspira de novo. Ao ouvir a terceira e última pergunta dela, se cabisbaixa (existe esse verbo?). A parte que mais o intrigava era aquela, justamente as pessoas "especiais" que a moça havia dito. Porque ele era uma das mais perigosas dessas pessoas, e ele não queria causar mal nenhum. E a ninguém.*

-Até onde eu sei... Todos tem poderes aqui. E só isso... De todas as coisas, não sei quase nada... É como se minha vida inteira tivesse começado naquele dia.

*Não conseguia deixar de olhar para baixo. Era impossível ser 100% feliz, mesmo ganhando tantas coisas, com origens desse tipo.*

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mizunashi Yukiho
Outros
Outros
avatar

Mensagens : 98

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Witch
Nível: 1
Experiência:
0/1000  (0/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qui 10 Abr - 18:05

- S-sim... Pessoas com poderes... E você tem esses "poderes"?

* Aquilo é assustador. Sem passado, sem uma vida, sem absolutamente nada. Ele só estava ali, esperando o que vier e nada mais. Estava preocupada sobre o passado dele, mas principalmente se ele é um humano no meio desse monte de monstros. Ele poderia ser o principal alvo dos alunos mais malvadinhos da academia fácil por isso. *

- Mugen-kun... 

* Estava triste pelo garoto. A história dele é, realmente, de partir o coração. Levava a mão destra até o rosto do menino e passava a acaricia-lo suavemente, somente com o seu próprio dedão. A mão de Yukiho é tão suave quanto a neve, talvez uma das peles mais gostosas de ser sentida no mundo, e sabia disso. Por isso gostava muito de abraçar e fazer carinho nas pessoas, por talvez, momentaneamente, isso ajuda-las. *

- Eu vou te ajudar com isso. Uma pessoa não merece viver sem lembranças. 

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matsubara Mugen
Estudante do 1º Ano
Estudante do 1º Ano
avatar

Mensagens : 189

Ficha de Atributos Básicos
Raça: Doppelgänger
Nível: 8
Experiência:
425/1000  (425/1000)

MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   Qui 10 Abr - 19:20

-Eu...

*Não sabia quais eram seus poderes. Sabia os poderes de sua raça, mas estava com muito medo de contar. Estava com medo também da reação de Yukiho, de ser uma reação indesejada e inesperada... Afinal, ela teve aparência e memórias simplesmente copiadas por um garoto pobre qualquer, que não sabe nem a própria história!*

-...Não sei quais são meus poderes... Sei que tenho, mas não sei o que fazem e nem quais são...

*Essas reticências indicam que a voz dele está triste e baixa, desanimada também. Começava a vir uma dor de cabeça bem forte nele.*

-Me ajudar? Como você pode me ajudar?

_________________

Lista de Copiados:
 



"Who am I...?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: -Quarto 140   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
-Quarto 140
Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Teoria-Quarto Haki(tem spoilers)
» Quarto do Orion
» Quarto de Percy
» A (Quarto Raikage)
» Uma noite como outra qualquer

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Youkai Gakuen :: Youkai Gakuen: O RPG :: Academia Youkai :: Dormitórios :: Ala Norte-
Ir para: